CONDER realiza obras de requalificação viária em Jequié

Área de Atuação
Mobilidade
Obras de implantação da nova ponte em Jequié
Iniciada fundação da nova ponte

 

Conhecida como Terra do Sol, a cidade de Jequié conta com uma população superior a 150 mil pessoas, o que a torna um polo regional  no sudoeste baiano. Entre os desafios a superar visando o desenvolvimento econômico e social do município, com a melhoria nos sistemas de transporte e trânsito que impactam na vida de cada cidadão, está a modernização da sua infraestrutura viária.

Neste sentido, uma iniciativa do Governo do Estado, através da CONDER, está em andamento: a construção de uma nova ponte sobre o Rio de Contas e a requalificação da Avenida Tote Lomanto, o que transformará o portal de entrada da cidade pela rodovia federal BR-116. O investimento previsto com recursos próprios do tesouro estadual nestas intervenções é de R$ 25 milhões.

A nova ponte terá uma extensão de 160 metros e ficará ao lado da ponte Teodoro Sampaio já existente, com a função de ligar o bairro Mandacaru, onde funciona a policlínica regional também construída pela companhia estadual vinculada à Secretaria de Desenvolvimento Urbano, ao centro da cidade. Já a Avenida Tote Lomanto será completamente requalificada, garantindo não só a melhoria da mobilidade urbana com maior fluidez no trânsito, como mais qualidade de vida para os pedestres e moradores do entorno.

Quem esteve em Jequié nesta terça-feira (28) para acompanhar as obras de fundação da nova ponte, que seguem os protocolos de segurança, em virtude da pandemia, foi o diretor de Infraestrutura e Edificações Públicas da CONDER, Francisco Fonseca. Na oportunidade, ele destacou o início dos serviços de perfuração das estacas raiz que sustentarão o equipamento.

Os benefícios para a população previstos no projeto de requalificação da Avenida Tote Lomanto também foram detalhados por Fonseca, em entrevista concedida para uma emissora de rádio da cidade. "Aém da duplicação de um trecho de 1,6 km, entre o entroncamento com a BR-116 e o Centro Educacional Simões Filho, serão realizados os serviços de recuperação dos passeios e do pavimento no trecho seguinte. Quatro praças ainda serão reformadas ou construídas: da Saúde, Jitaúna, dos Esportes e Maringá, com a implantação de novos equipamentos de lazer e de estímulo à prática de atividades físicas, mobiliário urbano, iluminação pública e dispositivos de acessibilidade.”