Untitled Document
14/06/2017
Em Alagados, moradores são agentes multiplicadores em ações socioambientais

                                    
As intervenções e obras de melhoria que o Governo do Estado, através da CONDER, realiza na região de Alagados, há mais de 20 anos, contribuíram no processo de desenvolvimento socioambiental  do Subúrbio Ferroviário de Salvador. Desde 2007, houve a entrega de 4.482 títulos de regularização fundiária e 540 unidades habitacionais na região. Atualmente, a CONDER realiza a obra de urbanização e infraestrutura da Pista de Borda, um trecho de 2,9 km que beneficia aproximadamente 135 mil pessoas  das comunidades de São João do Cabrito, Novos Alagados, Boiadeiro e Vilamar, além da construção de 174 novas residências.

“As melhorias físicas ocorridas em Alagados como resultado das obras de urbanização são de extrema importância. Mas, após as duas décadas de intervenção, é gratificante constatar como os moradores de Alagados  se desenvolveram como agentes multiplicadores de ações que interferem diretamente em mudanças sociais e melhoria da qualidade de vida”, explica Valéria Ribeiro, supervisora geral na Unidade de Desenvolvimento Social II - COSOC/CONDER.
 
 
Assistentes sociais da CONDER acompanham a aula prática
 
                                          Assistentes sociais da CONDER acompanham aula prática
                              
 
Em paralelo às obras de habitação e infraestrutura em curso na região, a CONDER, em convênio com o Centro de Arte e Meio Ambiente-CAMA (entidade local), realiza o Projeto Integrado de Desenvolvimento Socioambiental - PIDSA, que se baseia em princípios fundamentais como: sustentabilidade, inclusão social e valorização da cultura local. “O PIDSA de Alagados é baseado em uma metodologia participativa, ou seja, a escolha de quais oficinas e cursos serão ofertados é feita de maneira coletiva com a participação da equipe técnica e os próprios beneficiários”, explica a assistente social da CONDER Deborah Monteiro, responsável pelo acompanhamento do projeto.
Curso de operador de Costura Industrial
 
Um dos 07 projetos elaborados e construídos com efetiva participação comunitária é o Produzir e Crescer Juntos, que realiza discussões sobre como o cooperativismo e o empreendedorismo podem mudar a realidade de muitas famílias que moram em áreas de risco social. Como desdobramento das capacitações, 20 moradores foram selecionados para participar de um curso profissionalizante de costura industrial oferecido em parceria com o SENAI, na unidade de Dendezeiros.
 
O coordenador do CAMA, Raimundo Nascimento, explica que curso tem duração de 220 horas, durante 4 horas por dia. “O módulo teórico do curso oferece informações sobre a indústria do vestuário, as etapas do processo produtivo, além de discutir formas de inserção no mercado de trabalho”. Os alunos, sendo 19 mulheres e 01 homem, recebem todo o material didático, além de uniforme, lanche e transporte para frequentar as aulas.
 
 

                 Alunos concentrados realizando aula prática para desenvolvimento da coordenação motora
 
 “Na parte prática, passamos noções de modelagem e todos vão para as máquinas experimentar as etapas de produção de uma peça de roupa: eles aprendem como os equipamentos funcionam, desde a colocar a linha na agulha até confeccionar o produto final. Também trabalhamos a questão da coordenação motora, muito importante para quem quer se tornar um costureiro profissional”, explica a professora do SENAI, Rose Paixão.
 
“Nós fizemos uma oficina de costura na Associação João Paulo II, que fica no bairro do Uruguai, e quem demonstrou maior compromisso e interesse está nessa turma que participa das aulas profissionalizantes do SENAI. Como eu já tenho conhecimento em costura, a professora me escolheu como monitora dos outros alunos. Quando a gente concluir o curso e receber o certificado nós vamos formar uma cooperativa para começar a trabalhar”, explica Maria Nilza Oliveira, uma das beneficiadas pelo projeto.

 
 

 
 

 
 








 


DIVULGAÇÃO
Av. Edgar Santos, 936 - Narandiba - CEP: 41.192-005 - Salvador -BA / Tel.: (71) 3117-3400