Pelourinho ganha Casa de Cultura do Idoso

Área de Atuação
Centro Antigo de Salvador
Entrega da Casa do Idoso no Pelourinho
Entrega da Casa do Idoso no Pelourinho

A Casa do Idoso do Pelourinho foi inaugurada hoje (4) ao meio-dia. O imóvel tem entrada pelo Largo Quincas Berro D’Água, na Rua J. Castro Rabelo. O ato de entrega se deu logo após a procissão da Festa de Santa Bárbara, manifestação registrada oficialmente como Patrimônio Imaterial da Bahia. Dentre as autoridades presentes, a secretária de Cultura do Estado, Arany Santana, o secretário da Justiça e Desenvolvimento Social, Carlos Martins, o coordenador da Diretoria de Habitação da CONDER, Querobim Lemos, e o coordenador do Centro de Culturas Populares e Identitárias, André Reis.

A obra foi coordenada pela diretoria de Habitação e Urbanização Integrada da CONDER no Centro Antigo de Salvador. A CONDER é vinculada à Secretaria de Desenvolvimento Urbano. No evento estavam ainda cerca de 50 idosos, agentes públicos, comerciantes e moradores do Pelourinho.

A iniciativa beneficia mais de 200 idosos da região do Centro Antigo da capital e está aberta também para inscrições de idosos de outros bairros. A Casa será administrada pela Associação da Terceira Idade Eterna Juventude (ATIEJ). “Temos hoje 196 associados, estaremos abertos a mais inscrições, e temos 54 mulheres mastectomizadas (que retiraram os seios) que suportaram e venceram o câncer e estão conosco”, explica o presidente da ATIEJ, Joaquim Assis. Segundo ele, a iniciativa aconteceu via parceria de instâncias do Governo do Estado. A Secretaria de Cultura (IPAC/CCPI) articulou e cedeu o imóvel, a CONDER realizou a reforma e a Secretaria da Justiça e Desenvolvimento Social estimulará projetos sociais no espaço.


ATIVIDADES – “Acompanhei todas as etapas, desde o projeto até as reformas e estamos muito satisfeitos, desde o tratamento dos técnicos da CONDER até o resultado final da requalificação da casa”, disse Assis. Segundo ele, a casa que tem quatro pavimentos deve passar a funcionar antes do Carnaval 2020. “Teremos atividade de teatro, dança, poesia, costura e um espaço para comercializar bolsas, jarros, adereços e itens domésticos que os próprios idosos produzem artesanalmente”, relata.

A reforma começou em setembro e constou de serviços de pintura e recuperação das fachadas, instalação e revisão dos sistemas elétrico e hidrossanitário, pintura interna geral, instalação de forros e retelhamento. Presente ao evento, o coordenador Querobim Lemos destacou que ainda serão realizados serviços complementares. “Faremos ainda acessibilidade, já que alguns idosos são portadores de necessidades especiais, com cadeiras de rodas”. A equipe de trabalho responsável pelas obras contou com engenheiros, técnicos de obras, pintores, pedreiros, marceneiros, encanadores e serventes totalizando quase 20 pessoas em regime de plantão. “Tínhamos pouco tempo diante da quantidade de demandas, mas conseguimos entregar graças à dedicação de todos”, lembra Fernando Brandão, coordenador de Manutenção da CONDER no Centro Antigo.

REQUALIFICAÇÃO

Além de realizar a manutenção de fachadas de casarões do Pelourinho, a CONDER coordena o projeto ‘Pelas Ruas do Centro Antigo de Salvador’, que está pavimentando vias e requalificando calçadas com melhorias na acessibilidade. O investimento chega a R$ 124 milhões do Tesouro estadual, beneficiando 313 ruas, em 11 bairros da região antiga da cidade, incluindo a Rua Chile e mais 17 ruas do Centro Histórico de Salvador. Mais informações são disponibilizadas no site www.conder.ba.gov.br.