Baixa dos Sapateiros passará por requalificação urbana

Área de Atuação
Centro Antigo de Salvador
Baixa dos Sapateiros
A Baixa dos Sapateiros, área tradicional do Centro Histórico de Salvador, famosa pelos versos do compositor Ary Barroso e pelo seu comércio popular, será totalmente revitalizada e ganhará um novo aspecto urbanístico com valorização da paisagem e dos espaços públicos.
 
Sob a responsabilidade da CONDER, a primeira etapa das obras foi autorizada pelo governador Jaques Wagner nesta sexta-feira (7) em solenidade realizada no início da Avenida J.J Seabra, nome oficial do local, que contou com a participaçao dos secretários de Desenvolvimento Urbano, Cícero Monteiro, da Casa Civil, Rui Costa, da senadora Lídice da Mata, do prefeito ACM Neto, de deputados, vereadores, dentre outras autoridades.
 
De acordo com o presidente José Lúcio Machado, serão investidos R$ 13,8 milhões em ações coordenadas pelo Escritorio de Referência do Centro Antigo que irão contribuir com a preservação cultural e o fortalecimento da atividade comercial. ”As intervençoes serão iniciadas com a execução de uma vala única, por onde passarão redes de infraestrutura subterrâneas (energia elétrica, telefonia, operadoras de internet), a pavimentação das vias, recuperação de praças, passeios e da iluminação pública”, ressaltou.
 
Já a segunda etapa das obras contempla a requalificação das fachadas dos casarões. Os trabalhos devem ser iniciados no segundo semestre com orçamento previsto de R$ 12,8 milhões e serão realizados seguindo as orientações do IPHAN – Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional, responsável pelo tombamento da área. Estão previstos serviços de limpeza, pintura e recuperação das coberturas das edificações, além da remoção de estruturas, revestimentos e a demolição de marquises, que contribuem para a degradação da área.
Baixa dos Sapateiros
 
Parceria
 
O representante da Albasa, associação que representa os mais de três mil comerciantes que trabalham no local, Ruy Barbosa, comemorou a realização de um desejo antigo.   "A Baixa dos Sapateiros está voltando aos velhos tempos com esta requalificação, depois de mais de uma década sem investimentos. Agradeço ao Governo do Estado e a parceira estabelecida com a prefeitura, com isso o povo só tem a ganhar ", declarou.
 
Para o governador, a ação visa valorizar o comércio local e preservar o patrimônio histórico. Ele explica que a obra faz parte do Plano de Reabilitação do Centro Antigo de Salvador. "O Centro Antigo vai além do Pelourinho, por isso estamos requalificando todo o seu entorno, como a Baixa dos Sapateiros, que é uma área histórica e muito importante para Salvador."
 
Na área do Centro Antigo a CONDER também está desenvolvendo outras ações que representam um investimento da ordem de R$ 65 milhões, como, por exemplo, a recuperação de casarões através do Programa Habitacional do Servidor Público, a reforma do Quartel do Corpo de Bombeiros e a manutenção e limpeza de monumentos, vias e igrejas, além da implantação de dispositivos que garantem a acessibilidade para portadores de necessidades especiais ou com mobilidade reduzida. 
Termos