Conjunto no Pilar beneficia famílias que viviam em situação de risco

Área de Atuação
Habitação, Encostas e Macrodrenagem
Pilar

O governador Jaques Wagner entregou, nesta manhã, o Conjunto Habitacional Pilar, com 107 unidades habitacionais destinadas às famílias que residem atualmente em permanente situação de risco em encostas na área da Igreja do Pilar, na Cidade Baixa. Foram investidos nas obras, executadas pela CONDER, recursos da ordem de R$ 6 milhões, sendo R$ 2,4 milhões do Promoradia do Governo Federal e R$ 3,6 milhões do Casa da Gente, do Governo do Estado.

Na oportunidade, o governador garantiu que a produção de moradias é uma política pública que continuará recebendo atenção especial, por dar dignidade às pessoas e promover a cidadania. “Em cinco anos e meio de governo já contratamos mais de 200 mil unidades em toda Bahia, com quase 80 mil já entregues, o que considero um resultado significativo”, destacou.

A líder comunitária Ilzinava Moura, que é presidente da Associação dos Moradores de Santa Luzia do Pilar, quase não conseguia traduzir em palavras o que representa o novo conjunto habitacional para as mais de 100 famílias. “É algo inexplicável para quem morava num barraco de madeira e agora irá viver em apartamentos”, resumiu. Assim como ela, Dona Jeovânia Silva, visivelmente emocionada, garantiu que a vida será bem melhor, já que na nova casa não precisará se preocupar com os ratos e baratas, como antes. 

Pilar

Implantado na área do antigo Frigorífico do Estado, próximo ao Túnel Américo Simas, o Conjunto Habitacional Pilar é composto de três blocos de apartamentos, com sala, dois quartos, cozinha, sanitário e área de serviço. A intervenção inclui, também, três áreas para oficinas, um centro comunitário, infraestrutura e urbanização de áreas externas.

Termos