Pioneiros do Informs são homenageados em evento de geoinformação 

Área de Atuação
Conder

Cristina Xavier e Fernando Cabussu receberam na última quarta (20) deferência pelos relevantes serviços prestados ao Estado da Bahia respectivamente na implantação e consolidação do Sistema de Informações Geográficas do Estado da Bahia, mais conhecido como Informs. A homenagem aconteceu no 23º Geopública, evento que reuniu em Salvador nomes da área de geoinformação para discutir a contribuição dos dados geoespaciais nas cidades resilientes, tema deste encontro. 

O processo de implantação do Informs, hoje vinculado à Diretoria da Presidência da Conder, em 1996, foi conduzido por Cristina Xavier. Originado no Sistema de Informações Metropolitano, o setor como conhecemos hoje foi expandido e melhor estruturado a partir do Projeto Metropolitano — programa financiado pelo Banco Mundial. Nesse período, a Conder se destacou como um dos pioneiros no Brasil a adotar uma abordagem integrada de geoprocessamento na administração pública.  

Pioneiros do Informs são homenageados em evento de geoinformação 
Homenageados em evento de Geoinformação 

Cristina passou o bastão da coordenação do Informs para Fernando Cabussu. Sob a sua liderança, a Conder continuou a ser uma peça essencial no suporte às políticas públicas estaduais, e foi responsável por fomentar o desenvolvimento de aplicações web de geoprocessamento que continuam a beneficiar até hoje diversos setores da empresa e do Estado. Cabussu liderou o Informs até o ano de 2018.  

Há 27 anos o Informs tem sido um pilar de apoio à Companhia e ao Governo do Estado da Bahia na formulação e implementação de políticas públicas urbanas e regionais. Sua principal missão tem sido a produção, o tratamento e a disponibilização de informações geográficas de alta qualidade ao Estado. Nesse período a inovação tem sido a tônica do setor, que está em constante evolução. De detentor de enorme acervo de aerolevantamentos, o Informs passou recentemente a produzi-los a partir de drones e prestar esse serviço a outros órgãos. E de produtor de bases cartográficas pioneiras no estado avançou para a elaboração de aplicativos que auxiliam o trabalho de campo de servidores de todo o estado, a exemplo do cadastramento de imóveis e famílias para regularização fundiária. 

Os dois profissionais homenageados na Geopublica desempenharam um papel fundamental nesta trajetória. Através da Conder, eles influenciaram vários órgãos do Estado da Bahia a estabelecer e desenvolver suas próprias estruturas de geoprocessamento. Hoje, esse conhecimento e expertise estão amplamente difundidos em todo o Estado.

Termos