Passarela na BR-324 será interditada para ampliação; ônibus farão translado gratuito

Área de Atuação
Equipamentos e Qualificação Urbanística

Para garantir mais segurança aos pedestres que transitam nas proximidades do Complexo Viário de Águas Claras, a Companhia de Desenvolvimento Urbano do Estado da Bahia (Conder) realizará a ampliação da passarela da Marginal Norte da BR-324, localizada entre os quilômetros 617 e 618 da rodovia federal. 

Atualmente, no sentido Feira de Santana, a passarela conduz os pedestres até um canteiro central da BR-324, fazendo com que as pessoas atravessem a rua em uma área de grande fluxo de veículos. Com a obra, o equipamento será prolongado até o outro lado da marginal, evitando risco de acidente aos usuários e garantindo maior fluidez ao trânsito.

Interdição
Os serviços na região serão iniciados nesta terça-feira (19), quando o trecho da via marginal da rodovia, sentido Feira de Santana, na altura da empresa TECON, será interditado a partir das 22h para remoção das vigas do equipamento. Após a retirada, prevista para ser concluída às 5h de quarta-feira (20), a via marginal será liberada para o tráfego de veículos, mas a passarela ficará interditada de forma ininterrupta, por 30 dias, para a conclusão dos trabalhos no local. 

Durante a interdição da passarela, o consórcio contratado pela Conder para execução do serviço disponibilizará dois ônibus que farão o translado gratuito dos pedestres, nos dois sentidos da BR-324. O transporte estará disponível 24 horas por dia, todos os dias da semana.

Placas de sinalização serão instaladas para indicar os pontos de embarque e desembarque, que estarão localizados próximos aos acessos dos pedestres à passarela, nos dois sentidos da rodovia. A redução no fluxo de pedestres em razão das festas de fim de ano e das férias escolares justificou a escolha deste período para realização das obras no local.

ATUALIZAÇÃO: 

As obras foram adiadas para o início de janeiro, após as festas de fim de ano. A medida foi adotada devido ao intenso fluxo de pedestres na região, que superou o previsto no planejamento. A expectativa é que após as festas de fim ano, e com as férias escolares, essa movimentação diminua.